SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO

Duplicação do Viaduto Francisco Pinto está dentro do cronograma

28/8/2020, 10:29h

A etapa de fundações para as obras de duplicação do Viaduto Francisco Pinto, na avenida Nóide Cerqueira, está em ritmo acelerado, seguindo o cronograma estabelecido. As perfurações são para a montagem das estruturas, cuja profundidade pode chegar até 19 metros.

O engenheiro civil responsável pela obra, Daniel Pessoa, afirma que a etapa seguinte é a construção dos pilares. “O trabalhando está concentrado nas perfurações", reforça. Ele informa que a previsão é que as obras sejam concluídas em fevereiro de 2021.

Além deste, o Viaduto Wilson Falcão, na avenida Francisco Fraga Maia, também passará por intervenção. A duplicação desses equipamentos faz parte do Programa Nova Feira, ampla intervenção na malha viária. "É um importante investimento do Governo Municipal, que vai facilitar a vida das pessoas”, considera o engenheiro.

  •  

Iniciadas duplicações das pistas dos viadutos Francisco Pinto e Wilson Falcão

25/8/2020, 8:3h

As duplicações das pistas dos viadutos Francisco Pinto e Wilson Falcão foram iniciadas. São importantes intervenções na malha viária urbana de Feira de Santana, com reflexos em vários pontos da cidade. 

A análise do solo já foi concluída – que testa a sua resistência, e uma perfuratriz já está posicionada para fazer os furos onde serão construídas as colunas, segundo a Construtora BSM Ltda, responsável pelas obras.

As novas pistas serão construídas nas laterais das já existentes. Dentro de poucos meses, o fluxo de veículos para ambas regiões que registram índices de crescimentos acima da média será otimizado.

O projeto de requalificação dos equipamentos é parte do Programa Nova Feira, ampla intervenção urbana que transformará o centro comercial – o projeto de escoamento das águas das chuvas já está sendo executado.

A expansão imobiliária sentido à avenida Francisco Fraga Maia, onde fica o Viaduto Wilson Falcão, e à avenida Noide Cerqueira, onde se localiza o Francisco Pinto, na última década, aumentou o fluxo de veículos em ambas as regiões, levando a necessidade desta intervenção.

A duplicação Viaduto Francisco Pinto é fundamental para o BRT, pois uma das suas mais importantes estações de transbordo está sendo concluída na Noide Cerqueira.

Os viadutos foram inaugurados há mais de uma década. Além de um shopping center e dezenas de lojas de vários setores, ambas regiões ganharam muitos empreendimentos habitacionais.

  •  

BRT de Feira têm túneis prontos e três terminais em conclusão

21/8/2020, 17:5h

Dois túneis prontos e sendo usados no tráfego de veículos, uma galeria de esgotamento pluvial com 3,4 km de extensão também sendo utilizada e três grandes terminais praticamente prontos. Segundo o secretário de Planejamento, Carlos Brito, esta é a situação da implantação do BRT em Feira de Santana, “tornando completamente infundada a acusação de que a obra é uma fraude”, feita pelo deputado José Neto.

“Fraude é o celebrar um convênio no valor de R$300.000,00 com a prefeitura para atualizar os projetos do Teatro e do Centro Convenções, repassou R$40.000,00, recebeu os projetos atualizados e não pagou o restante do convênio. O município teve que assumir o compromisso de pagar o restante dos projetos. Fraude é utilizar projeto pago pela prefeitura para urbanização da Lagoa Grande e esconder que os recursos para sua execução foram baseados no mesmo. Fraude é omitir que a área para onde foram removidas as famílias do Projeto da Lagoa Grande foi paga com recursos do município. Fraude é deixar inacabada as obras da Lagoa Grande há 12 anos. Fraude é o aeroporto de Feira de Santana, que também há 12 anos vive de promessas de ampliação e de implantação de vôos”, retrucou o secretário.

De acordo ainda com Carlos Brito, a “dor do deputado” com o BRT é o fato da obra ter tido financiamento conseguido por uma prefeitura governada pelo DEM em pleno governo do PT (mandato da presidente Dilma Rousseff), “mesmo ele fazendo tudo para atrapalhar”.

  •  

Consórcio Conecta Feira é o vencedor da PPP da Iluminação Pública de Feira de Santana

14/8/2020, 11:51h

O Consórcio Conecta Feira foi o vencedor da concorrência internacional para a PPP da iluminação pública de Feira de Santana. O consórcio apresentou a contraprestação mensal de R$ 785.800. O deságio foi de 56,20%. A Comissão Especial de Licitação de Feira de Santana e consultores da B3 (Brasil Bolsa Balcão) receberam um total de 11 propostas.

A licitação, na modalidade deságio, aconteceu na manhã desta sexta-feira (14) na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). O certame foi acompanhado pelo prefeito Colbert Martins Filho. O Consórcio Conecta Feira vai gerir pelos próximos 13 anos o parque de iluminação pública do município. O novo sistema de iluminação vai proporcionar uma redução do consumo de energia com iluminação pública. 

Feira de Santana, Aracaju e Franco da Rocha são as primeiras cidades do País a concederem os serviços de iluminação pública nos moldes estipulados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), pela Secretaria Especial do Programa de Parcerias e Investimentos (SPPI), pela Caixa Econômica Federal e pelo International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial.

  •  

Leilão da iluminação pública acontece nesta sexta e terá coletiva de imprensa

13/8/2020, 18:59h

O leilão que irá definir a empresa ou consórcio vencedor da concessão pública, que vão gerir pelos próximos 13 anos o parque de iluminação pública do município de Feira de Santana, será realizado na manhã desta sexta-feira, 14.

O certame começa as 10h40 na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) e terá transmissão ao vivo no Youtube.

Logo após o leilão, as 12h, haverá coletiva de imprensa e os jornalistas feirenses poderão acompanhar o evento pela internet. O acesso será feito pela TV B3 (www.tvb3.com.br). Participarão da coletiva, executivos e autoridades do Ministério do Desenvolvimento Regional, da Caixa, da SPPI, da B3 e da prefeitura de Feira de Santana.

Com investimento previsto de R$ 275 milhões ao longo dos próximos 13 anos. Feira de Santana, Aracaju e Franco da Rocha são as primeiras cidades do país a concederem os serviços de iluminação pública nos moldes estipulados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), pela Secretaria Especial do Programa de Parcerias e Investimentos (SPPI), pela Caixa Econômica Federal e pelo International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial.

  •  

Consulta Pública Virtual para elaboração da Lei Orçamentária Anual 2021 segue até esta sexta

12/8/2020, 10:22h

Os cidadãos feirenses têm até a próxima sexta-feira para enviar ideias e opiniões, na elaboração do Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), para o próximo ano. O link “Consulta Pública”, no site da Prefeitura de Feira de Santana, é o canal que garante a participação da população.

A consulta virtual deve-se à pandemia do coronavírus. O município quer conhecer a opinião de todos. Os interessados poderão participar pelo site oficial do município, através do endereço eletrônico www.feiradesantana.ba.gov.br . E depois é só clicar em “Consulta Pública”.

A LOA é elaborada pelo Executivo e analisada pelo Legislativo, que tem o poder de transforma-lo em lei. Nele, são estimadas as entradas das receitas e onde estes recursos serão aplicados ao longo do ano.

Depois de preencher o formulário simples, o cidadão poderá escrever a sua contribuição em três eixos. No primeiro: “Inclusão social e produtiva e qualidade de vida da população” – divido em oito temas.
No segundo: “Infraestrutura, desenvolvimento sustentável”, em sete temas. No terceiro: “Gestão pública de excelência transparente e democrática”, que traz apenas um tema.

Antes, a Secretaria de Planejamento realizava audiências públicas em todas as regiões administrativas da cidade, mais nos oito distritos. Ouvir as demandas da população está previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Ouvir a população é uma maneira de tornar a elaboração do projeto transparente e participativo, bem como escolher as demandas que julguem mais importantes para o desenvolvimento do município.

  •  

PPP da iluminação pública recebe 11 propostas e licitação acontece sexta-feira na Bovespa

11/8/2020, 10:26h

A Comissão Especial de Licitação de Feira de Santana e consultores da B3 (Brasil Bolsa Balcão) receberam, nesta segunda-feira, 10,  onze propostas – cada uma delas com três envelopes, entregues por licitantes que participarão da concorrência internacional para a PPP da iluminação pública de Feira de Santana.

São empresas que querem participar do processo de modernização da iluminação pública do município. Hoje, parte deste parque, cerca de sete mil lâmpadas, já é de LED. A outra é formada por mais de 54 mil pontos de vapor de sódio.

A licitação está marcada para as 10h do dia 14, próxima sexta-feira, na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). Os envelopes foram recebidos até as 14h, horário limite estabelecido para encerramento desta etapa, na sede da B3 na capital paulista.

Os envelopes, o número 1 – Garantia das Propostas, foram abertos pela Comissão Especial de Licitação, para avaliação dos termos do Edital. Os outros, 2 e 3, estão sob a guarda e custódia da B3.

Com investimento previsto de R$ 275 milhões ao longo dos próximos 13 anos, esta será a primeira Parceria Público-Privada da Bahia. Todos os 61 mil pontos de iluminação do município serão dotados de luminárias de LED, atualmente o que há de mais eficiente em termos de iluminação pública.

Econômicas – devido à durabilidade e redução no consumo de energia elétrica em torno de 60%, e dentro das premissas ambientais, as luminárias de LED melhora sensivelmente a qualidade do serviço, aumentando, assim, a sensação de segurança entre os cidadãos.

Na opinião do secretário de Planejamento, Carlos Brito, o leilão acontecerá em um momento adequado por dar a Feira de Santana um instrumento de gestão da sua iluminação pública de qualidade com indicativos importantes para o gestor, como medida de desempenho, de eficácia das empresas prestadoras de serviço.

A expectativa do secretário é que a maratona de substituições seja iniciada no mais curto espaço de tempo. E vai priorizar bairros e distritos onde os índices de violência, medidos pela Polícia Civil, estão mais altos.

O objeto é a Concessão Administrativa da prestação dos serviços de iluminação pública no Município de Feira de Santana, incluídos o desenvolvimento, a modernização, a expansão, a eficientização energética, a operação e a manutenção da Rede Municipal de Iluminação Pública.

  •  

Prefeitura notifica construtora que danificou pista no prolongamento da Ayrton Sena

7/8/2020, 16:57h

Um trecho da pista do prolongamento da avenida Ayrton Sena, obra da Prefeitura que ligará esta via ao bairro Papagaio, foi danificado por conta da construção de um condomínio no local. A via ainda não foi entregue pela Prefeitura. 

Diante da situação, a Secretaria Municipal de Planejamento notificou a empresa responsável pela construção do condomínio para que a mesma providencie o conserto e evite novos danos. "Estamos atentos ao que está acontecendo e já oficializamos junto a construtora a necessidade de recuperar o que foi comprometido", ressalta o secretário de Planejamento, Carlos Brito.

O prolongamento da avenida Ayrton Sena é uma das importantes obras que estão sendo realizadas pela Prefeitura de Feira de Santana potencializando o novo vetor de crescimento da cidade. 

  •  

Estudo vai apresentar soluções para alagamentos de ruas

4/8/2020, 14:18h

A ordem de serviço para que a Fundação Escola Politécnica da UFBA inicie os levantamentos técnicos para a elaboração do Plano Diretor de Drenagem e Manejo das Águas Pluviais Urbanas de Feira de Santana deverá ser assinado nos próximos dias, pelo prefeito Colbert Filho.

Complexo, o estudo vai apresentar, entre muitas outras, soluções para os problemas de alagamentos de ruas, bem como aqueles que afetam as três bacias hidrográficas do município – Pojuca, Jacuípe e Subaé. A sociedade será ouvida, em audiências públicas, para a sua elaboração.

A participação da sociedade civil organizada é importante porque os técnicos dedicarão atenção especial às análises das propostas apresentadas pelos cidadãos, conhecedores das realidades locais.

O secretário de Planejamento, Carlos Brito, definiu o Plano como marco importante para a cidade, que vai permitir um maior conhecimento sobre este setor.

“Este será um instrumento básico de desenvolvimento sustentável focado na tomada de decisões sobre a adoção de infraestrutura para o manejo das águas das chuvas”, afirmou. “O que se busca é preparar a cidade para o futuro. E vamos conseguir”, pontuou Brito.

Contratada pelo Governo do Estado, a Escola Politécnica elaborou o Plano Diretor de Abastecimento de Águas e Esgotamento Sanitário de Feira de Santana. O Plano de Manejo de Águas Pluviais terá custo de 2,7 milhões de reais, valor que vai ser custeado pela Prefeitura.

O prazo para a conclusão dos estudos pode chegar a um ano. Para virar lei, deverá ser analisado e aprovado na Câmara Municipal.

  •  

Licitação para duplicação de viadutos foi homologada e ordem de serviço será assinada em breve

3/8/2020, 22:35h

A licitação para a duplicação das pistas dos viadutos Francisco Pinto e Wilson Falcão foi homologada pela Prefeitura de Feira de Santana. A Construtora BSM Ltda será responsável pela obra, que deverá começar nos próximos dias.

O secretário de Planejamento, Carlos Brito, disse que a ordem para que os serviços sejam iniciados será assinada em breve pelo prefeito Colbert Filho. Os viadutos foram construídos há 12 anos.

Ambos os equipamentos foram erguidos sobre a avenida Eduardo Fróes da Motta, com cerca de seis quilômetros de distância entre eles. Interligam importantes avenidas da cidade. São obras que vão dinamizar o trânsito com reflexo em grande parte da cidade.

A duplicação das suas pistas vai normalizar o trânsito em ambas regiões onde estão localizados, que ao longo dos últimos anos se tornaram importantes vetores de crescimento habitacional e econômico.

As novas habitações e o pujante comércio, inclusive um shopping center, aumentaram substancialmente o fluxo de veículos, tornando necessária a duplicação do Viaduto Francisco Pinto.

“Também será opção de trânsito para todos os moradores do SIM e das proximidades da Artêmia Pires, que é muito ampla e que nos últimos anos ganhou dezenas de condomínios”, afirmou Carlos Brito.

O Viaduto Francisco Pinto liga as avenidas Getúlio Vargas e Noide Cerqueira, que se tornou alternativa para chegar à BR 324, ou a partir da rodovia chegar a Feira de Santana.

O Viaduto Wilson Falcão foi pensado para atender a demanda para a zona norte, que também vem consolidando uma onda de desenvolvimento nos últimos anos, com condomínios e o fortalecimento do comércio.

O equipamento atende a demanda de vários bairros populosos, como o João Paulo I, parte da Cidade Nova e Parque Ipê. O prolongamento da avenida Francisco Fraga Maia até a rua Rubens Francisco Dias vai aumentar o tráfego naquela rota.

Francisco Pinto, conhecido como Chico Pinto, foi vereador e prefeito de Feira de Santana. Tanto ele quanto Wilson Falcão foram deputados federais. Este também foi vereador no município.

  •