Plano de Contingência de Arboviroses é debatido pela Secretaria de Saúde

21/11/2022, 8:50 | Fotos: Danielly Freitas
Diminuir a mortalidade e reduzir o impacto dessas doenças

Na última sexta-feira (18), os profissionais da saúde, educação e meio ambiente que atuam na rede municipal de Feira de Santana se reuniram para desenvolver o Plano de Contigência das Arboviroses Urbanas- dengue, chikungunya e zika. O encontro foi realizado no auditório da Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a referência técnica do GT-Arboviroses, Tamyles Moreira, o plano é o documento que orienta as medidas que deverão ser adotadas diante do momento epidemiológico vigente. Tem como principal objetivo diminuir a mortalidade e reduzir o impacto dessas doenças para a população.

“Esse encontro foi um grande ponto de partida. Com a ascensão da covid nos últimos dois anos, os casos de dengue foram ofuscados. Esse momento é fundamental para conseguir desenvolver o plano e manter a taxa de letalidade do município abaixo de 1%”, explicou.

De janeiro até o início do mês de novembro, Feira registrou 112 casos de dengue, 47 de ckikungunya e apenas 04 de zika.



  •