Fundação Hospitalar define ações para o "Outubro Rosa"

9/9/2021, 16:5 | Foto: Fátima Brandão

A programação do “Outubro Rosa” - mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama - da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, começou a ser discutida na manhã desta quinta-feira, 9. O planejamento de ações envolve a Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres, o Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) e mais o CMPC (Centro de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez) e o CMDI (Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem Dr. Eugênio Laurine).

De acordo com diretora presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, o movimento “Outubro Rosa” é uma oportunidade de colocar em evidência uma das doenças que mais atinge as mulheres no Brasil, bem como “chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce”.   

Neste ano, antecipa Gilberte Lucas, haverá algumas novidades em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a exemplo do Outubro Rosa Itinerante.  

“Vamos levar assistência à saúde para a mulher do campo, com a realização de palestras, marcações de consultas e exames, além de orientação sexual para adolescentes”, diz.

Esse serviço contará com o trabalho de psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas e fisioterapeutas.

Outra novidade é a oferta do implante contraceptivo pelo Hospital da Mulher. Para isso, as interessadas deverão passar por triagem e receber a orientação médica de acordo a necessidade de cada uma delas.

APOIO PSICOSSOCIAL

A Secretaria de Políticas para as Mulheres vai ofertar atendimento psicossocial, principalmente, para quem reside na zona rural.

“O câncer tem um impacto psicológico significativo na vida da paciente. Mas, quando esse momento é vivido com conhecimento, compreensão e vontade de vencer, a resposta ao tratamento é muito mais positiva. Vamos levar à mulher em situação de vulnerabilidade a assistência adequada a cada necessidade”, pontuou a secretária Gerusa Sampaio.



  •