Dengue: Dor de cabeça e no corpo são os principais sintomas apresentados pelos feirenses

21/11/2022, 8:56 |
Até o início do mês de novembro, foram registrados 135 casos em Feira

O Dia Nacional de Combate a Dengue foi comemorado no último sábado (19). Em alusão a data, o Centro Municipal de Referência em Endemias de Feira de Santana intensificou o trabalho de campo e realizou ações educativas na última semana a fim de alertar a população sobre os perigos da doença. 

Até o início do mês de novembro, foram registrados 135 casos de dengue, sendo seis referentes à nova variante cosmopolita. De acordo com a coordenadora da unidade, Síntia Sacramento, os maiores focos estão dentro das residências.

“Estamos promovemos a distribuição de quatro mil capas para cobrir tanques, mas é importante prestar atenção nos outros lugares. Observar se tem alguma vasilha, até mesmo uma cadeira pode acumular água no acento. Olhar as calhas e o fundo da geladeira que estão sempre retendo água”, alertou.

A coordenadora ainda recomenda a limpeza desses locais, a exemplo dos vasos utilizados para alimentar os animais, com água e sabão. “Os ovos de dengue não são visíveis a olho nu e ficam grudados nesses recipientes. Seria interessante usar o lado áspero da bucha e esfregar com água e sabão ou cloro”, explicou.

Em Feira, os principais sintomas apresentados pelos moradores ao serem diagnosticados com dengue são dor de cabeça e no corpo. Mas, além disso, também pode ocorrer febre alta, dor nos olhos e manchas vermelhas na pele.

A orientação é que ao notar esses sinais de alerta, o morador procure o serviço de saúde para que seja avaliado e evite, assim, uma possível evolução para um quadro grave da doença.



  •