CRAS Itinerante promoveu quase 300 atendimentos em Jaíba

3/9/2021, 10:6 | Foto: ACM
O serviço mais procurado foi atualização do CadÚnico

Em Jaíba, entre os dias 31 de agosto a 2 de setembro, foram realizados 284 atendimentos socioassistenciais à comunidade. Os serviços fazem parte da programação do CRAS Itinerante, levados pela Prefeitura de Feira a localidades que não dispõe de CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social). 

Na avaliação do coordenador do projeto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Rafael Estrela, a ação teve boa adesão. "Tivemos uma demanda satisfatória. Inclusive, no último dia, ultrapassamos o horário estabelecido para atender a todos que nos procuraram", afirma.

A equipe, formada por orientadores educacionais e assistentes sociais, levam serviços de atualização e inscrição no CadÚnico; acesso ao Bolsa Família e ao Programa Criança Feliz (para gestantes e crianças de 0 a 6 anos), além de atividades recreativas (de convivência) ao público infantil. Também são disponibilizados atendimentos com psicólogos e assistentes sociais. No total, desde junho, foram realizados 2.448 atendimentos em diversas localidades, distritos e bairros.

"O serviço mais procurado, no distrito de Jaíba, foi atualização do CadÚnico, que é um instrumento de coleta de dados e informações para identificar todas as famílias de baixa renda. Esse cadastro é essencial para o recebimento de benefícios sociais como o Bolsa Família", afirma Rafael Estrela.

CRAS Itinerante

O projeto CRAS Itinerante busca garantir o acesso das famílias em situação de vulnerabilidade à rede socioassistencial, sobretudo nas regiões que não dispõe de CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Em dois ônibus e mais um micro-ônibus, moradores podem se cadastrar ao Bolsa Família, atualizar ou solicitar outros benefícios, como auxílio natalidade e solicitação de passe livre para idosos e PNE (Pessoas com Necessidades Especiais) nos transportes intermunicipal e interestadual. Em algumas localidades, a equipe oferece os serviços em escolas municipais.

Ouça aqui o podcast.



  •