Um heri do povo negro

    Na primeira metade do século XIX, no interior da Bahia, um negro-fugido entrou para a história com o nome de Lucas da Feira. Ele não aceitou a escravidão, fugiu da senzala, e durante mais de quinze anos aterrorizou a região de Feira de Santana, praticando assaltos e assassinatos, até ser preso e enforcado, no ano de 1849.  Lucas da Feira foi transformado numa lenda no interior da Bahia, e muitas histórias foram contadas sobre ele, a maioria o tratando como um bandido cruel e sanguinário. Mas, para muitos, Lucas da Feira foi, na verdade, um herói do povo negro, que se transformou em bandido porque não aceitou ser escravo, e lutou até a morte por sua liberdade. Uma boa história para ser contada neste 13 de Maio, dia em que se comemora a Abolição da Escravatura.


    Compartilhar no Facebook     Compartilhar no Whatsapp